CUIDADOS COM OS PETS NO FRIO

O friozinho chegando, casacos e cobertores começam a sair do armário, e por aqui já estamos animados para a temporada de trilha em montanha.

Na hora de planejar as trilhas, viagens e aventuras de inverno é importante termos atenção com nossos peludos. Assim como nós, eles sentem frio e alguns cuidados são necessários para manter a saúde e bem-estar.


Confira dicas para cuidar dos pets nos dias de frio:


· Mantenha seu pet abrigado do frio, de preferência dentro de casa, com uma caminha e cobertores quentinhos.

· Possibilite e estimule banho de sol (sem exageros), além de agradável faz muito bem a eles.

· Atenção para ingestão de líquidos, no frio eles podem beber menos água e sofrer desidratação.


· Estimule que seu pet ingira água deixando vários potinhos pela casa e “lembrando-o” de beber.

· Caminhadas e exercícios também são boas formas de incentivo.

· Cuidado com o tempo seco. Assim como nós, os pets também sofrem com a baixa umidade do ar, tão comum no inverno. Confira como cuidar do seu pet quando o ar está com baixa umidade.


Reuni as principais dúvidas dos leitores (e minhas também) e fiz uma entrevista com a equipe médico veterinária do Hospital Inova sobre os cuidados com os pets no inverno, vem conferir.



Todos os pets precisam usar roupinhas no frio?

Não necessariamente, existem raças que são de origem de países que possuem temperaturas a baixo de zero, um exemplo o husk siberiano.




Se vamos fazer trilhas em um dia frio, mesmo durante a atividade física ele deve usar roupinha?

Em casos de passeios como trilhas, não é necessário uso das roupinhas, uma vez que o pet estará em exercício, já esquentando o corpo e a roupinha pode atrapalhar a mobilidade do pet durante o percurso.


É possível um cachorro, especialmente os braquicefálicos, terem hipertermia por excesso de exercício, mesmo em um dia frio?

Sim, e isso é muito perigoso! As raças braquicefálicas (aqueles pets que tem o focinho bem mais curto), eles têm muita dificuldade de troca de calor levando até a quadros irreversíveis pelo aumento da temperatura corpórea. Para esses animais são indicados passeios nas horas mais frescas do dia mesmo no inverno.


Posso tosar meu cachorro no inverno?

Os pelos são uma proteção natural dos animais, não é indicado tosar a não ser por orientação do seu médico veterinário.


É verdade que algumas raças de animais sentem mais frio que outras?

Os animais de pelo curto como por exemplo pinscher e alguns daschund são sensíveis a dias mais frios, o ideal seria sempre deixar seu pet dentro da residência e nesses casos a roupinha é muito bem-vinda.

Lembre-se de ter cuidado redobrado com filhotes e idosinhos.












Os pets sentem mais fome no inverno?

Com o clima frio eles ficam mais preguiçosos, dormindo mais e consequentemente aumenta o apetite.

Mas atenção, cuidado para não exagerar e acabar engordando seu peludo, siga sempre as orientações do seu veterinário e na dúvida pergunte sempre.


Cães e gatos ficam resfriados?

Sim, podem apresentar sintomas parecidos com o do resfriado nos humanos, e geralmente os sintomas tendem a ser auto limitantes, mas também podem evoluir para alguma alteração respiratória mais grave, fique sempre de olho, e qualquer sintoma busque orientação do seu veterinário.


Se meu cachorro pegar vento, ou se molhar, em um dia frio ele pode adoecer?

Sim, pode adoecer, pois essa exposição pode baixar a imunidade do seu cão, levando a doenças gerais e não só respiratórias.


Cães pegam gripe?

Sim, assim como nós, os cães podem ser contaminados com o vírus da gripe e transmitir para outros cães.

Converse com seu veterinário sobre as vacinas recomendadas para o seu peludo.


Devo manter os banhos no meu cachorro durante o inverno?

Depende da real necessidade desses banhos, pets que estão em tratamento dermatológico com banhos devem continuar mesmo no inverno. Caso o banho seja apenas estético, podemos dar uma pausa no inverno.

Sprays de banho a seco são ótimas opções para manter a higiene em dia. Eu adoro a Loção Natural da Propovets, mantém eles limpinhos quando não é possível dar banho, é natural e tem um cheirinho suave e muito gostoso, além de higienizar de verdade.


Quais as doenças mais comuns nos pets durante o inverno e como prevenir?

As doenças que podem se manifestar de forma mais intensa no inverno são as doenças respiratórias, como por exemplo, gripe, bronquites e asma.



Aproveite os dias mais frios para caminhadas e trilhas secas, ou seja, sem rios e lagos, como por exemplos as trilhas em montanhas, que por serem pouco sombreadas não são recomendadas no calor. Mas lembre-se sempre de ingerir e fazer seu cão ingerir bastante água.

Divirta-se e aproveite o melhor de cada estação!!!


Tem mais alguma dúvida? Manda pra gente que vamos responder 😊