POUSADA A MATA QUE CANTA

Trilhas, piscina, diversão e aventura pet friendly em Socorro, no interior de São Paulo.

Há tempos estava para visitar a cidade de Socorro, finalmente fomos e foi incrível!!! E claro, vim contar tudo pra vocês!


Socorro fica no interior de São Paulo, há aproximadamente 135km da capital paulista em direção ao sul de Minas Gerais, e faz parte do Circuito das Águas paulista. A cidade conhecida pelos esportes de aventura, é um dos mais conhecidos destinos de ecoturismo do estado.


Pousada A Mata que Canta

Há várias opções de hotéis e pousadas na região que aceitam pets. Escolhemos a Pousada A Mata que Canta, que é famosa entre os cachorreiros, e logo descobrimos o porquê.


A pousada não apenas aceita pets, ela recebe os pets com muito carinho e liberdade. Os chalés são simples, sem luxo, com banheiro, frigobar (ótimo pra armazenar a AN dos dogs), lareira e uma varanda maravilhosa com mesa para refeições e rede para descanso. Para os dogs, há caminha, tapete higiênico e potinho de água.


No primeiro dia de viagem o Breno precisava trabalhar, então enquanto ele aproveitava o "home office" na varanda e com vista para as montanhas, eu e as crianças curtíamos a pousada.


Os pets podem circular por toda pousada e correr pelos gramados. São restritas apenas as piscinas humanas (são duas, adulto e infantil).


A grande estrela da pousada é a piscina pet, uma piscina em formato de osso, toda cercada, e feita especialmente para os dogs. Bob e Bella simplesmente amaram a piscina, e até mesmo a Cindy entrou para se refrescar. Um lugar especial para brincar com os aumigos, pegar bolinhas e se divertir de montão!


Falando em aumigos, a pousada é mesmo especial para quem viaja com cães, quando fomos, em quase todos os chalés os hospedes estavam com cachorros, uma turminha linda de peludos de vários tamanhos. Meus filhos amaram fazer vários “aumigos”, correram e brincaram muito.


Uma coisa muito legal é o café da manhã, é delicioso, personalizado e servido nos chalés em uma charmosa cesta de piquenique.


A equipe da pousada envia no dia anterior uma lista de itens para os hóspedes escolherem. É uma delícia acordar e encontrar uma cesta cheia de delícias, e tomar café da manhã olhando as montanhas. A varanda é cercada, então dá para relaxar e até tirar um cochilo na rede sem preocupação com os pestinhas irem longe, pois não há como sair.


Na pousada é servido apenas o café da manhã, não há almoço nem jantar. A equipe da pousada é muito atenciosa e dá várias dicas, e me sugeriram instalar o aplicativo Uai Rango que tem dezenas de opções de restaurantes, de vários tipos de comida, e que entregam na pousada.


Nos três dias estávamos cansados, e devido a pandemia, desanimados para sair e procurar um restaurante pet friendly para jantar, então comemos no chalé os três dias. Pedimos esfihas, hambúrgueres (com opção de vegetariano feito de cogumelos, delicioso) e até comida mexicana (com opção veg também), tudo delicioso e entregue rápido e quentinho na porta do chalé.



O pôr do sol na pousada é sensacional! Bancos em formato de mãos foram montados para que possamos assistir este espetáculo com muito charme. Um momento certamente muito especial.


Clique para visitar o site da pousada.


O que fazer em Socorro

No sábado saímos para explorar a cidade. Começamos o passeio charmoso centrinho da cidade, com aquele ar do interior, e a praça da matriz onde fica o letreiro da cidade.


E aproveitamos para conhecer o Mirante do Cristo, de onde temos uma bela vista da cidade de Socorro, o acesso é fácil e por uma estrada asfaltada. O local vale uma rápida visita.


Parque Monjolinho

A Mata que Canta faz parte do Parque de Aventuras Monjolinho, é preciso apenas atravessar a rua, e quem se hospeda na pousada tem livre acesso ao parque.


No Parque Monjolinho você encontra muitas atividades para se aventurar, ou mesmo para ficar só observando a natureza e relaxando. Redes sob a sombra das árvores convidam para um cochilo, mas com quatro dogs o negócio é se mexer então fomos buscar as atividades mais "aunimadas".


As beiras do lindo Rio do Peixe, o parque oferece várias opções de aventuras quáticas, como bóia cross, caiaque, stand up paddle e rafting. Até os cães podem curtir, pois o rafting e o stand up são pet friendly também!


O rafting pet é bastante famoso na cidade, é uma das atrações mais procuradas pelos cachorreiros. Eu amo rafting, mas meus dogs não muito, então optamos por curtir o que mais amamos, trilhas!!!


O Rio do Peixe forma uma prainha de água doce muito legal, Bob e Bella amaram nadar e buscar muitas bolinhas no rio, ficamos um tempão brincando na beira do rio, um lindo e especial.



Trilhas, grutas, passeios de quadriciclo, caminhadas e lindas paisagens, são algumas das opções para quem prefere manter os pés, e as patinhas, em terra firme.


Já a tirolesa, escalada e arvorismo são algumas atrações para quem prefere se aventurar nas alturas (atividades de altura não são pet friendly).


Nós aqui preferimos terra firme mesmo, então optamos por fazer o que mais amamos, trilhas!!!

No parque Monjolinho existem três trilhas, a Trilha do São Francisco, a Trilha do Cipó e a Trilha da Cachoeira. Fizemos a Trilha do São Francisco e a Trilha do Cipó. A Trilha da Cachoeira não tivemos tempo e ficou para a próxima visita.


A Trilha do São Francisco é uma trilha auto guiada, de fácil acesso, e encantadora. Possui placas com frases trechos da oração de São Francisco de Assis e uma imagem do santo, que é considerado o protetor dos animais. Aproveitei para agradecer pela saúde e por tantas alegrias que tenho ao lado dos pestinhas. Amamos essa trilha, ela é curtinha e linda, fizemos ela nos dois dias!


Fizemos também a Trilha do Cipó, uma trilha de 2,1km pela mata. Fomos acompanhados de um guia de turismo do próprio parque, que foi muito simpático, atencioso conosco e com os dogs, e foi nos ensinando várias curiosidades sobre a mata e ainda colheu mexericas fresquinhas para nós. Adoramos!


O parque Monjolinho possui um restaurante com comida caseira e deliciosa. Serve pratos a lá carte de segunda a sexta-feira, e buffet self-service aos finais de semana e feriados. No restaurante há mesas demarcadas onde são permitidos os pets, e não é um cantinho escondido não, é uma grande parte do restaurante.


Clique para visitar o site do parque.



Pedra Bela Vista


Com uma das vistas mais bonitas que já visitamos, a Pedra Bela Vista faz jus ao nome. Famoso pelo seu mirante espetacular, o local atrai um grande público aos finais de semana, especialmente no final de tarde, pois o pôr do sol é um grande espetáculo.


Tentamos ir no sábado, fomos no final da tarde por volta das 17h, mas quando chegamos o local já estava lotado e não permitia mais entrada. Perdemos a viagem. Então procure chegar cedo (a maioria das pessoas vai no final da tarde para ver o pôr do sol), e se possível faça reserva no restaurante. Essa informação não está (pelo menos naquele dia não estava) no site, a dica pe dar uma ligadinha antes de sair.


Ao chegar no mirante dá pra ver a imensidão do vale e das montanhas da Serra da Mantiqueira, é possível avistar toda a cidade de Socorro e vizinhança.


Algumas pequenas trilhas levam para passeios por outros mirantes que há no parque. Há também opções de atividades como rapel e arquearia. Nós preferimos apenas comer, e observar a vista.


Bancos espalhados pela parte mais alta oferecem conforto para apreciar a vista. No local há um restaurante, um bar e música ao vivo aos finais de semana (verificar programação). Infelizmente chegamos tarde e não conseguimos vaga para almoçar no restaurante, que fica bem cheio aos finais de semana, então se for almoçar faça a reserva antecipada.


Aproveitamos para provar o famoso Pan de Palo, que é um pão que vem em uma haste e nós mesmo assamos na fogueira. É muito saboroso e a experiência é bem legal.


O local é pet friendly e encontramos vários cães por lá, porém devem permanecer na guia, ok?


Clique para visitar o site do parque.



Outra atrações pet friendly em Socorro

Como ficamos apenas um final de semana, e tinha tanta coisa legal pra conhecer, não vimos tudo que é possível curtir a cidade. Aqui vai dois lugares que não conheci ainda mas que estão na lista para a próxima visita. Se você já foi me conta!


Parque Aui Mauê

Gruta do Anjo


* A Cãomigo viajou a Socorro a convite da Pousada A Mata que Canta. O conteúdo do post é independente e reflete a opinião da autora.