CACHORRO PEGA FEBRE AMARELA?



Papais e mamães de pet podem respirar aliviados. Cães, gatos e outros animais não contraem febre amarela.

Conversamos com a Médica Veterinária Dr. Caroline Estanislau sobre o tema.


Vamos saber um pouco mais sobre a febre amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa aguda, que pode até matar e é causada por um vírus e transmitida pela picada de mosquito. Os primatas e os humanos são os únicos hospedeiros do vírus.


Existem dois ciclos de transmissão da doença: o Silvestre e o Urbano.

-  A febre amarela silvestre é transmitida pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes que são os vetores. Neste ciclo os hospedeiros são os macacos, mas veja bem, disse hospedeiro e não transmissor, ok? Quando um mosquito pica um macaco contaminado ele pode transmitir a doença para outros macacos e para pessoas através da picada.  


- Na febre amarela urbana o vetor é um outro mosquito, já velho conhecido nosso, o Aedes Aegypti, isso mesmo, o mesmo que transmite a dengue, a zika e a chikungunya. Neste caso o mosquito ao picar uma pessoa contaminada adquire o vírus e pode transmiti-lo a outras pessoas.


A doença é a mesma, o vírus é o mesmo, apenas a forma de transmissão é que muda.

Todos os casos de febre amarela que ocorreram no Brasil recentemente tiveram origem silvestre. O último caso conhecido no Brasil do ciclo urbano ocorreu em 1942. Mas não podemos descuidar hein, a luta contra o mosquito deve ser constante.


Ainda que os cães não contraiam febre amarela é importante protege-los contra picadas de mosquitos, pois podem contrair outras doenças. O Aedes Aegypti pode transmitir aos cães a Dirofilariose, popularmente conhecido como o verme do coração, enquanto que o mosquito palha pode transmitir a Leishmaniose. Por tudo isso é importantíssimo protegermos nossos peludos com repelentes, não só em áreas de mata, mas também nas cidades. Converse com seu veterinário para saber o melhor método de prevenção para o seu peludo.



Para os humanos a melhor forma de prevenção da doença é a vacina. Especialmente as pessoas que moram em regiões endêmicas ou que terão contato com área silvestre devem se vacinar. A vacinação deve ser feita pelo menos 10 dias antes da exposição a regiões de risco. Algumas pessoas, como gestantes e imunosuprimidos por exemplo, não devem tomar a vacina, converse com seu médico antes de vacinar-se. Quem já tomou a vacina está protegido e não precisa tomar novamente.


Para quem ama trilha como nós, e está sempre em meio a natureza, é muito importante a vacinação. Por aqui a vacina está ok :-)


E lembrem-se: além de serem indicativos importantes sobre a doença os macacos são vítimas como nós!  




face aquarela.png
insta aquarela.png

Fale com a Cãomigo

pelo WhatsApp

WhatsApp_Logo_1.png

PARCEIROS

jeni.png
Positivo_Laranja_vertical.jpg
Logo_bigudis_fundo branco.png